Terça, 15 de Março de 2016 - 00:00

Rusga entre Otto e Araújo pode mudar presidência da Prodeb; senador nega

por Alexandre Galvão

Rusga entre Otto e Araújo pode mudar presidência da Prodeb; senador nega
José Carlos Araújo e Otto Alencar | Foto: Reprodução/ lbarretonoticias
A migração do deputado federal José Carlos Araújo do PSD para o PR pode render uma enorme confusão dentro do governo Rui Costa. Auxiliares do senador Otto Alencar – presidente do PSD no estado – dão como certo o pedido da presidência da Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb), que está hoje com Samuel Pereira Araújo – filho de José Carlos Araújo. Samuel foi indicado pelo pai na cota do PSD e, chateado com a migração partidária, Otto estuda retirá-lo do posto. Procurado pelo Bahia Notícias, o senador negou com veemência os rumores, mas admitiu a chateação com o parlamentar. “Isso não existe [pedir o cargo]. Eu não sou mesquinho, não. Eu cresci na minha carreira e não foi por ser mesquinho. Não faria uma coisa dessa pequenez”, garantiu. Ainda de acordo com Otto, a saída de Araújo já foi deixada no passado. “Eu sou uma pessoa que consigo deletar as coisas da minha vida. Ele não saiu com minha concordância, então fiquei chateado. Mas ele foi para um partido importante”, justificou. Araújo confirmou ao Bahia Notícias o pequeno atrito entre os dois, mas também disse não acreditar que Otto irá desempregar seu filho. “Ele não ficou satisfeito com minha saída. Mas eu não poderia ficar num partido em que o líder na Câmara passou por cima da minha autoridade.  Mas, paciência, o calo que está doendo é no meu pé”, metaforizou, ao completar: “Acho que Otto não faria isso. Ele é meu amigo”. Apesar das declarações públicas de manutenção de amizade, Otto e Araújo não estariam se falando e o senador lembra a todo momento do apoio dado ao deputado na eleição de 2014. Procurado pelo BN, o secretário de Relações Institucionais (Serin) do governo Rui, Josias Gomes, negou a saída de Samuel Araújo da Prodeb, mas confirmou a rusga. “Otto ficou chateado, sim”. Também procurada pelo BN, a assessoria da Prodeb prometeu mediar o contato do BN com o presidente da empresa, mas não o fez até o fechamento desta edição. Samuel Araújo está na Prodeb desde 2008 e coleciona indicações públicas: já foi diretor administrativo e financeiro do Centro Internacional de Negócios da Bahia.

Histórico de Conteúdo