Trade turístico pressiona governo para que Bahia adote horário de verão
Foto: Divulgação
Empresários do trade turístico querem que o governo do Estado adote o horário de verão neste ano, que começa em 18 de outubro e segue até 21 de fevereiro de 2016. Empresários da Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação do Estado da Bahia (FeBHA), filiada à Confederação Nacional do Turismo (CNTUR) enviou uma carta ao governador Rui Costa (PT) nesta quarta-feira (26), listando os porquês de a Bahia ser um dos estados a entrar no horário de verão. Os empresários justificam o pedido com a desconexão das demais regiões do país, principalmente Sul e Sudeste, “que são grandes emissores de turistas para o nosso Estado”. “Poderíamos aproveitar de uma forma melhor, talvez até como promoção de marketing, termos como possibilidade de aproveitar muito mais nossas praias e belezas naturais, com o sol se pondo mais tarde e o dia ficando mais longo aqui na Bahia”, diz o texto da carta. A adoção do horário de verão também seria positivo para a economia, segundo o trade turístico, já que haverá redução no consumo de energia elétrica e mais segurança nos pontos turísticos com a extensão da luz do dia. 

Histórico de Conteúdo