Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Segunda, 03 de Agosto de 2015 - 07:40

José Dirceu é preso em nova fase da Operação Lava Jato

José Dirceu é preso em nova fase da Operação Lava Jato
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias
O ex-ministro José Dirceu foi preso na manhã desta segunda-feira (3), em Brasilia, em decorrência da 17ª fase da Operação Lava Jato, por conta do seu suposto envolvimento com recebimento de propinas disfarçadas na forma de consultorias, por meio de sua empresa JD assessoria. Ainda não se sabe se o mandado contra Dirceu é de prisão preventiva ou temporária. Por determinação do juiz Sergio Moro, a Polícia Federal incluiu a JD Assessoria e Consultoria em um grupo de 31 empresas "suspeitas de promoverem operações de lavagem de dinheiro” em contratos das obras da Refinaria Abreu e Lima (Rnest), em Pernambuco – construção iniciada em 2007, que deveria custar R$ 4 bilhões e consumiu mais de R$ 23 bilhões da Petrobras. De acordo com o Estadão, o documento é o primeiro de uma série de perícias técnicas da Polícia Federal que apontam um percentual de desvios na Petrobras de até 20% do valor de contratos. O percentual é superior aos 3% apontados até aqui nas investigações da Operação Lava Jato, que incluía apenas da propina dos agentes públicos e políticos. 

Histórico de Conteúdo