Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Em Pernambués, 44 famílias são obrigadas a deixarem prédios por risco de desabamento
Foto: Marina Silva / Correio
O risco de desabamento verificado em três prédios no bairro de Pernambués obrigou 44 famílias a deixarem suas casas sem tempo nem para buscarem seus pertences. Segundo o jornal A Tarde, um desses três imóveis, o Edifício Jardim Brasília, teve sua construção embargada pela Secretaria Municipal de Urbanismo (Sucom) em 2010 e teve sua obra concluída mesmo sem liberação da pasta. Os prédios foram interditados emergencialmente pela Defesa Civil de Salvador (Codesal) nesta quinta-feira (21) por apresentarem rachaduras. "Houve fissuras que evidenciam um comportamento irregular e, por isso, precisamos acompanhar o comportamento dessa estrutura, evidenciado pelo movimento das fissuras, afirmou o engenheiro da Codesal, Francisco Costa Jr, em entrevista ao A Tarde. O imóvel mais afetado pelas rachaduras é exatamente o Edifício Jardim Brasília, que tem 32 apartamentos. A Defesa Civil estuda liberar a volta dos moradores na próxima segunda-feira (25).


Histórico de Conteúdo