Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Antes de tomar posse como parlamentar, Aleluia teve cirurgia paga pela Câmara
Foto: Vagner Oliveira/ Bahia Notícias
A cirurgia feita pelo deputado baiano José Carlos Aleluia (DEM) em dezembro de 2014 custou mais de R$ 120 mil à Câmara dos Deputados. O problema é que em dezembro, quando fez a intervenção em duas artérias que estavam com 90% de obstrução, Aleluia não era, ainda, deputado federal. De acordo com a coluna Radar online, da Veja, esta foi mais uma “inovação” do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). “Não seria nada demais se Aleluia, um dos principais articuladores da candidatura de Cunha à presidência da Câmara, fosse deputado em 2014. Mas ele só tomou posse em fevereiro”, escreveu o colunista. À época, Aleluia foi operado por Roberto Kalil, no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Em reposta à publicação, a Câmara alega que Aleluia já estava diplomado quando realizou a cirurgia - fato que justificaria o gasto. (Atualizada às 8h48).

Histórico de Conteúdo