Grupo realiza nova manifestação contra governo Dilma na Avenida Paulista
Foto: Reprodução / Facebook
Parte da Avenida Paulista, em São Paulo foi bloqueada neste sábado (6) pela manifestação organizada por movimentos contrários ao governo Dilma Rousseff. De acordo com a Polícia Militar, 800 pessoas participam do protesto, que teve início após concentração no vão-livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), às 15h. Os manifestantes pretendem seguir em caminhada até a Praça Roosevelt, no centro da cidade. Uma das frentes que articulam o protesto é o Vem pra Rua, que surgiu em junho deste ano. Rogério Chequer, organizador do Vem pra Rua, diz que o ato é contra a corrupção e a falta de ética dos políticos. “Somos contrários às ações do governo Dilma, que estão ligadas à corrupção, ao aparelhamento do Estado, à interferência entre os Poderes”, disse. Chequer destacou que não apoia manifestações mais radicais, presentes no protesto, como as que pedem uma intervenção militar. “Somos totalmente contrários à intervenção militar, mas respeitamos outras manifestações. Nós defendemos a apuração total de irregularidades, punição dos condenados e um governo que tenha maior eficiência fiscal e administrativa, que não desperdiça o dinheiro do povo”. De acordo com a Agência Brasil, por hora o Palácio do Planalto não se manifestará sobre o assunto.

Histórico de Conteúdo