‘O prefeito deu o aval para o acordo na Câmara’, garante Carlos Muniz sobre presidência
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias
Conversando pouco com a imprensa nas últimas semanas, o vereador Carlos Muniz apontou que uma reunião, nesta quarta-feira (25), entre o prefeito ACM Neto (DEM), os cinco vereadores do PTN, o presidente estadual da sigla, Maurício Bacelar, e o deputado estadual João Carlos Bacelar vão direcionar quem será o nome da legenda na disputa pelo comando da Câmara de Salvador. De acordo com Muniz, em 2012 o prefeito foi avalista do acordo com o atual presidente do legislativo soteropolitano, Paulo Câmara (PSDB), para que o segundo biênio da legislatura (2015/016) fosse conduzido por um representante do PTN. “Houve o acordo e o prefeito estava no momento em que o acordo foi feito”, afirmou Muniz ao Bahia Notícias. “O prefeito é jovem e tem pretensões. Como é que vai descumprir um acordo? Não acho que ele vá fazer isso”, provocou o vereador, mais votado nas eleições de 2012. Muniz, no entanto, reiterou que as conversas entre o PTN e ACM Neto não passam por espaços no Executivo. “A reunião é sobre a presidência da Câmara”, resumiu. Todavia, completou: “Sabemos que vai haver uma reforma administrativa, então é natural que haja conversa”.

Histórico de Conteúdo