Terça, 25 de Novembro de 2014 - 11:20

Comissão de Finanças tenta votar contas de Wagner de 2013 e oposição derruba reunião

por Fernando Duarte

Comissão de Finanças tenta votar contas de Wagner de 2013 e oposição derruba reunião
Foto: Reprodução/ Assembleia Legislativa
O deputado Carlos Gaban (DEM), membro titular da Comissão de Finanças, Orçamento, Fiscalização e Controle, acusou o governo de tentar uma “manobra” para votar as contas do governador Jaques Wagner no âmbito do colegiado nesta terça-feira (25). De acordo com o vice-líder da oposição, a matéria não estava prevista na ordem do dia e foi incluída de última hora por deputados governistas. “Não estava na ordem do dia, então eu assinei a lista de presença e registrei que, como as contas não estavam na ordem do dia, não poderia votar na comissão”, reclamou Gaban. Diante da situação, o vice-líder pediu que o líder da oposição, Elmar Nascimento (DEM), comparecesse à reunião do colegiado e verificasse o quórum. “Ele [Elmar] foi na comissão e pediu a verificação às 11h. Não tinham quórum. Derrubamos a sessão da comissão, que queria votar as escondidas as contas do governador”, provocou Gaban, classificando o episódio é “uma manobra que não condiz com o Poder Legislativo”. O presidente da comissão, deputado Adolfo Menezes (PSD), não foi localizado para contrapor o relato do representante da oposição.

Histórico de Conteúdo