Terça, 28 de Outubro de 2014 - 14:40

Itália nega ao Brasil pedido de extradição de Pizzolato

Itália nega ao Brasil pedido de extradição de Pizzolato
Foto: Reprodução
A Itália negou nesta terça-feira (28) o pedido de extradição do ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado no processo do mensalão e que está preso na cidade italiana de Módena. O requerimento foi feito pelo governo brasileiro. Na decisão, a Corte de Apelação de Bolonha considerou o estado de saúde de Pizzolato e as condições das prisões no Brasil – este foi, segundo seu advogado de defesa, o principal argumento que garantiu que ele não fosse transferido para o país. Ele pode sair da prisão ainda nesta terça. O sogro do ex-gestor, João Haas, acompanhou o julgamento acompanhado de sua filha, Andrea, e chorou muito durante a análise judicial do caso. “O PT e a presidente Dilma abandonaram Pizzolato. Espero que agora o ministro da Justiça [José Eduardo Cardozo] coloque a mão na consciência”, disse Haas. Com informações do jornal O Estado de S. Paulo.

Histórico de Conteúdo