Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Benito Gama paga aliados para subcontratar serviços em campanha
Foto: Reprodução
O presidente nacional do PTB e candidato a deputado federal Benito Gama contratou aliados políticos e distribuiu entre eles R$ 2,2 milhões de gastos de campanha. De acordo com reportagem da Folha, estão na lista dos 40 beneficiados ex-vereadores, ex-prefeitos e pastores evangélicos. Benito declarou os gastos totais de R$ 3 milhões com a corrida eleitoral até agora. O ex-prefeito de Cícero Dantas, Zelito Ribeiro (PDT), o advogado Erivan Rodrigues, a pastora Ana Cláudia Leite e o dentista Olympio Júnior afirmaram que a verba foi gasta com contratação de cabos eleitorais, pintura de muros e impressão de materiais. Os serviços não estão detalhados na prestação de contas do candidato. Em resposta à Folha, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disse que “a subcontratação de outra pessoa física não se coaduna com a norma, visto que todos os gastos devem ser emitidos em nome do candidato, inclusive, no que diz respeito ao seu CNPJ de campanha”. O líder do PTB defendeu os repasses e afirmou que a prática não é novidade em campanha: "Tem uma legislação que prevê isso com detalhes. Não estou inventando nada, estou cumprindo a lei."

Histórico de Conteúdo