Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Secretário reapresenta projeto de alienação de terrenos; oposição quer discussão
Fotos: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O secretário municipal da Fazenda de Salvador, Mauro Ricardo, estará na Câmara de Salvador, para apresentar, mais uma vez, o projeto de alienação de 62 terrenos da cidade e deve dar explicações sobre as áreas em litígio judicial, de marinha e até de proteção ambiental, na tarde desta quinta-feira (22). De acordo com o líder do governo, vereador Joceval Rodrigues (PPS), todas as dúvidas serão retiradas. "Qualquer dúvida que haja sobre essas áreas serão sanadas. A prefeitura fez um levantamento detalhado. Vamos ouvir o secretário", disse. Por outro lado, o líder da oposição, Gilmar Santiago (PT), defendeu a maior discussão do projeto pela Casa e pela população. Além das audiências públicas, Gilmar disse que a Câmara não deve tomar uma decisão de forma rápida, antes de saber o real valor de cada terreno e da valorização de cada bem público. "Eles dizem que tem terreno que vale 'X'. Quem garante que não vale mais?", questionou. O petista disse ainda que é necessária a participação do Conselho da Cidade, como prevê o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano, e aproveitou para alfinetar a proposta do Executivo. "No governo deles, nunca construíram um hospital em Salvador. O HGE foi Waldir e o do Subúrbio foi Wagner. Eles têm que cuidar de ampliar a atenção básica, que só cobre 20% da população de Salvador", disparou.  


Histórico de Conteúdo