Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Prefeitura de Lauro de Freitas esclarece que não construirá novos acessos a Vilas
Foto: Divulgação/PMLF
A prefeitura de Lauro de Freitas informou que o projeto de delimitação dos bairros encaminhado para a Câmara de Vereadores no dia 21 de março não estabelece a construção de novos acessos a Vilas do Atlântico. Ao contrário do que tem sido divulgado, a administração municipal afirma em nota que “o projeto de lei de divisão de bairros não implica em qualquer abertura ou fechamento de vias, nem mesmo desconfiguração de loteamentos aprovados pela municipalidade”. O esclarecimento faz alusão ao trecho de reportagem publicada pela revista Vilas Magazine, na edição de maio deste ano, em que são mencionados novos acessos do bairro Miragem à Vilas, pelas ruas Praias de Guadalupe, Praia de Gravatá, Praia do Conde e Praia de Lucena. Segundo a prefeitura, mesmo que haja vias de ligação entre os dois loteamentos, as barreiras físicas já construídas no local, como muros, serão mantidas e as vias que seguem o mesmo alinhamento das ruas Praia de Gravatá, Praia do Conde e Praia de Lucena são distintas e ainda não têm nome na tabela de logradouros do município, onde são identificadas por letras. Um próximo estudo a ser realizado pela gestão tratará do trabalho de compatibilização de vias e ajustes de nomes, que não afetarão a delimitação dos bairros. Em relação à incorporação de parte do Condomínio Eco Vilas ao bairro Pitangueiras, o Executivo municipal afirma que se trata de um parcelamento que não está contido no Loteamento Vilas do Atlântico, para respeitar o traçado oficial do empreendimento. Apesar disso, o acesso ao Eco Vilas não será alterado. 

Histórico de Conteúdo