Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Assembleia da PM na tarde desta terça pode decidir por greve na Bahia
Prisco liderou greve de parte da PM em janeiro de 2012 | Foto: Correio
Uma importante assembleia dos policiais militares está marcada para a tarde desta terça-feira (15), no Wet’n Wild, em Salvador. A partir das 15h serão definidas as diretrizes do movimento, que está insatisfeito e ameaça greve por tempo indeterminado. Na ocasião, será apresentada e discutida com a tropa a lei de modernização da PM, elaborada pelo governo do Estado, que foi divulgada para as entidades na última quinta (10). Presidente da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra), o vereador Marco Prisco (PSDB) não confirma a greve, mas deixa a entender que o clima é tenso e a categoria está propensa a interromper as atividades. Segundo o tucano, a tropa é quem vai decidir os rumos durante o encontro. De acordo com o governo, o investimento será de R$ 45 milhões por ano na PM, com a aprovação da lei. O secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, informou que um grupo de trabalho será criado para rediscutir o sistema remuneratório dos PMs. 


Histórico de Conteúdo