Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Wagner adia viagem para negociar montagem de chapa do governo
Foto: Betto Jr. / Ag. Haack / Bahia Notícias
O governador Jaques Wagner adiou para a Semana Santa a viagem de “férias” que faria esta semana e preferiu continuar na capital baiana, para negociar o processo de montagem da chapa da situação, encabeçada pelo PT. Embora Wagner – e o próprio candidato petista à sua sucessão, Rui Costa – já tenham sinalizado uma provável indicação do PP para ocupar a vice, nenhuma decisão oficial foi comunicada. Por outro lado, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo (PDT), já jogou a toalha na disputa para ser candidato a vice de Rui. “Não sou menino amarelo. Quem conhece de política sente que está encaminhado para [João] Leão”, declarou o pedetista. Nilo recebeu em sua casa, neste domingo (16), o secretário estadual de Relações Institucionais, Cícero Monteiro, que foi ao local com a missão de pacificar o aliado, amigo pessoal do governador. Em uma longa conversa, Monteiro disse ao presidente da AL-BA que nada estava definido sobre o posto de vice na chapa do PT. Informações do jornal A Tarde.

Histórico de Conteúdo