Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Terça, 11 de Março de 2014 - 08:20

Nilo cobra de Wagner critério para definição do PP como vice de Rui Costa

por Rodrigo Aguiar

Nilo cobra de Wagner critério para definição do PP como vice de Rui Costa
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo (PDT), cobrou do governador Jaques Wagner o critério utilizado para a escolha do PP como vice na chapa do candidato petista à sucessão estadual, Rui Costa. “Não tem veto a Mário Negromonte ou João Leão. Se ele [Wagner] me apresentar o critério, eu aceito. Mas não aceitarei ser preterido. Se for uma decisão pessoal do governador, pode ter certeza que o deputado, o cidadão Marcelo Nilo, vai sentar com o partido e vamos tomar nossas decisões políticas”, afirmou nesta terça-feira (11), em entrevista ao programa Acorda pra Vida, da Rede Tudo FM 102,5. O pedetista disse que não foi comunicado por Wagner sobre a definição do candidato a vice. “Eu converso com o governador constantemente e, em nenhum momento, ele me comunicou. Não existe essa definição. Se fosse o caso, eu seria a primeira pessoa a saber”, apostou. Nilo rejeitou a hipótese de mudar de lado – com apoio a uma candidatura da oposição ou da senadora Lídice da Mata (PSB) – mas cogitou ficar “neutro”. O presidente da AL-BA relatou que, em conversa de mais de duas horas na última quinta (6), disse ao governador que aceitaria “qualquer critério”. “Pode ser pesquisa, número de deputados estaduais ou federais, prefeitos, quem for mais conhecido, se for gordo, se for magro, se for careca”, enumerou.

Histórico de Conteúdo