Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Geral

Notícia

Imbassahy critica Jonas Paulo sobre fala de Geddel em relação a Wagner e Dilma

Por Francis Juliano

Imbassahy critica Jonas Paulo sobre fala de Geddel em relação a Wagner e Dilma
Foto: Bahia Notícias
O deputado federal Antonio Imbassahy (PSDB) criticou o presidente do PT baiano Jonas Paulo em relação à posição do vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal, Geddel Vieira Lima (PMDB), que critica o governo Jaques Wagner, mas apoia potenciais adversário da presidente Dilma Rousseff em propagandas em TV´s e rádios. Para Imbassahy, o juízo de Geddel é válido, mesmo que o pmdebista seja aliado e subordinado a presidente. Nas veiculações de seu partido na mídia, Geddel faz menção a sucessos nas administrações de Eduardo Campos (PSB), em Pernambuco; e Antonio Anastasia (PSDB), sucessor de Aécio Neves em Minas e também correligionário de Imbassahy.  "Realmente o PT não deveria agredir o presidente do PMDB da Bahia que aponta com serenidade bons exemplos a serem seguidos. Arguir que Geddel ocupa cargo no governo federal revela o caráter fisiologista do PT e não supera o interesse do presidente do PMDB em apontar rumos para o estado. Enfim, um governo que não aceita crítica é intolerante e antidemocrático", afirmou o tucano em contato com o Bahia Notícias.