Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Saúde

Notícia

Ministério da Saúde muda regras do ‘Mais Médicos’ para tentar evitar fraudes

Ministério da Saúde muda regras do ‘Mais Médicos’ para tentar evitar fraudes
Foto: Divulgação
Com as suspeitas de fraudes e boicotes nas inscrições do programa federal “Mais Médicos”, o Ministério da Saúde divulgou que a partir desta sexta-feira (19) adotará novas regras para a entrega de documentos e a desistência de candidatos. Uma das mudanças é a obrigação da apresentação – no ato da inscrição – de um documento que garanta que o possível escolhido irá desistir de eventuais vagas de residência ou no Programa de Valorização da Atenção Básica (Provab). Além disso, caso seja selecionado, o médico terá de levar um comprovante do local onde trabalha para apontar que rompeu o vínculo empregatício com a unidade. Em nota, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, afirmou que a intenção é “certificar a real intenção dos profissionais em participar do Mais Médicos”. Para evitar que alguém tente se inscrever apenas para ocupar vagas e atrapalhar o andamento do programa, outra regra adotada será a proibição de nova inscrição, durante seis meses, para quem for chamado e não preencher o posto de trabalho. As mudanças serão publicadas e detalhadas no Diário Oficial da União desta sexta.