Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Geral

Notícia

Assembleia dos guardas municipais de Salvador termina em confusão

Um confusão generalizada marcou, nesta quarta-feira (18), a assembleia realizada pelos guardas municipais de Salvador, na Avenida San Martin. Os servidores discutiam o novo plano operacional acordado entre prefeitura e o Sindicato dos Servidores da Prefeitura do Salvador (Sindseps), que muda a rotina de trabalho de toda a categoria. Durante o debate, o presidente da Associação dos Guardas Municipais de Salvador (Asguard), André Bonfim, outro braço sindicalitas dos guardas municipais usou o microfone para discordar do acordo assinado entre o Sindseps e a administração soteropolitana, o que foi reprimido por representantes do Sindseps. A partir daí, uma confusão teve início. O dirigente sindical da Asguard chegou a ser atingido durante a tentativa de tomada do seu microfone. No tumulto, até spray de pimenta foi utilizado para dispersar os revoltosos.