Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Justiça

Notícia

Hotel Pestana é condenado pela Justiça do Trabalho a repassar gorjetas a funcionário

Hotel Pestana é condenado pela Justiça do Trabalho a repassar gorjetas a funcionário
Foto: Reprodução
O Hotel Pestana e o Convento do Carmo, da Brasturinvest Investimentos Turísticos SA foram condenados pela juíza Silvia Isabelle Ribeiro Teixeira do Valor, da 3ª Vara do Trabalho de Salvador. A juíza anulou a cláusula normativa do Hotel Pestana que previa o repasse de 60% das gorjetas aos empregados. A empresa adota um sistema de divisão da gratificação por pontos: 37% para o custeio de encargos sociais e 3% destinados para o Sindicato. A ação foi movida por um trabalhador contra a rede hoteleira. A empresa terá que repassar as gorjetas angariadas nos últimos cinco anos para o trabalhador, além de pagar as contribuições previdenciárias e horas extras trabalhadas que nunca foram pagas. Saiba mais sobre essa decisão na coluna Justiça.