Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Geral

Notícia

‘Não estamos aqui para ser palmatória’, diz PM que cerca perímetro da Fifa contra manifestantes

Por David Mendes / Carol Prado

‘Não estamos aqui para ser palmatória’, diz PM que cerca perímetro da Fifa contra manifestantes
Foto: David Mendes / Bahia Notícias
Quatro grupamentos da Polícia Militar (PM) já se posicionam, na manhã deste domingo (30), em áreas estratégicas para proteger o perímetro delimitado pela Fifa, próximo à Arena Fonte Nova, dos manifestantes do Movimento Passe Livre, que se concentram no Campo Grande para iniciar um protesto em direção ao estádio. Os agentes do Batalhão de Choque, Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe), operação Gemeos e Rondesp cercam as entradas do Dique do Tororó e pontos dos Barris. Apesar de não divulgar o número de policiais empregados na ação, o comandante da Gemeos, major Washington, disse, em entrevista ao Bahia Notícias, que o contingente será o mesmo da manifestação realizada no último dia 22, data em que o Brasil enfrentou a Itália pela Copa das Confederações. “Por determinação do comando, eles não poderão passar pelo perímetro da Fifa”, decretou o oficial. Segundo ele, será utilizado um carro de som para fazer negociações e evitar confrontos entre a PM e os manifestantes. “Espero que seja um dia tranquilo. As pessoas têm que compreender que a Polícia Militar não tem o poder para liberar a passagem. O acordo é entre a Fifa e o governo. Não estamos aqui para ser a palmatória do mundo”, avisou.