Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Geral

Notícia

Protesto acaba em confronto com PM em Porto Alegre

Por Daniel Favero e Fernando Diniz / Terra

Protesto acaba em confronto com PM em Porto Alegre
Foto: Filipe Faraon / Terra
A ideia de realizar uma manifestação concentrada na praça da Matriz, em frente à sede do governo do Rio Grande do Sul, não impediu que o roteiro dos protestos anteriores se repetisse na noite desta quinta-feira (27), em Porto Alegre. Cerca de 4 mil manifestantes iniciaram o ato em clima de festa – shows de música em um trio-elétrico intercalados de discursos – mas a ação de um grupo de pessoas motivou o uso de força policial. Estabelecimentos comerciais e carros foram depredados. Oito pessoas foram detidas, dois policiais ficaram feridos e uma jovem passou mal. O tumulto começou perto das 21h, quando um grupo jogou garrafas contra a Brigada Militar (a PM gaúcha). Policiais responderam com bombas de efeito moral, o que provocou um princípio de tumulto. Manifestantes precisaram derrubar grades colocadas na Rua Duque de Caxias, em frente ao Palácio Piratini, para dispersar. Enquanto policiais agiam, manifestantes usaram o sistema de som para criticar a atuação dos militares.