Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Política

Notícia

Arnaldo Jabor pede desculpas por declarações sobre protestos

Arnaldo Jabor pede desculpas por declarações sobre protestos
Através de sua coluna na rádio CBN, o jornalista Arnaldo Jabor se desculpou nesta segunda-feira (17) por suas recentes declarações a respeito do Movimento Passe Livre (MPL) e as manifestações que ocorrem contra o aumento da tarifa dos transportes públicos em São Paulo. “Outro dia eu errei, sim. Errei na avaliação do primeiro dia das manifestações contra o aumento das passagens em São Paulo. Falei na TV sobre o que me pareceu um bando de irresponsáveis fazendo provocações por causa de 20 centavos. Era muito mais que isso”, disse o jornalista. “Eu critiquei-o (Movimento Passe Livre) porque temi que tanta energia fosse gasta em bobagem quando há graves problemas para se enfrentar no Brasil. Mas a partir de quinta-feira (13), com a violência maior da polícia, ficou claro que o MPL expressava uma inquietação que tardará no país”, afirmou Jabor. “Hoje, eu acho que o MPL se expandiu como uma força política original”, acrescentou que ainda comparou o MPL aos Caras Pintadas. “Na mídia só aparecem narrativas de fracasso, de impunidades, de derrotas diante do mal. Essa energia do Passe Livre tem que ser canalizada para melhorar as condições de vida no Brasil”, afirmou, ao avaliar que “tudo está parado e está oportunidade não pode ser perdida. De um fato pequeno, pode sair muita coisa. Muito crime pode estar escondido atrás de uma bobagem. Os fatos concretos são valiosos”, disse. Ao fim, Jabor fez uma série de questionamentos sobre possíveis ilegalidades do sistema e disse que “o MPL pode nos ajudar a responder essas perguntas”. Informações do Portal Imprensa.