Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Política

Notícia

Rodoviários e empresários aceitam proposta de 9% e não haverá greve de ônibus em Salvador

Por Evilásio Júnior

Rodoviários e empresários aceitam proposta de 9% e não haverá greve de ônibus em Salvador
Foto: Tiago Melo/ Bahia Notícias
Os rodoviários e os empresários de ônibus de Salvador chegaram a um entendimento, em assembleias distintas, na tarde desta segunda-feira (17), e a greve programada para a 0h desta terça (18) não acontecerá. Tanto patrões quanto empregados aceitaram a proposta do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) – 9% de reajuste salarial e 9% de aumento no tíquete alimentação, extensivo às férias – e a reunião das 17h, na sede do TRT, em Nazaré, será apenas para formalizar o acordo. "Aceitamos a proposta, mas temos que confirmar isso no Tribunal", informou o assessor de Relações Sindicais do Setps, Jorge Castro, em entrevista ao Bahia Notícias. O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Hélio Ferreira, também confirmou o acerto ao BN, mas esclareceu que as outras demandas – cota para mulheres nas empresas, plano de saúde para titulares e dependentes pago pelos patrões, além do fim das terceirizações, de cobrança de avarias e da dupla função para motorista – não foram conquistadas. "Fica para uma próxima época. O importante é que nós tivemos o segundo maior aumento do Brasil e o nosso salário já se aproxima do que é pago em São Paulo", comemorou o dirigente sindical.