Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Geral

Notícia

Dieta da moda nos EUA propõe cinco dias de comilança para dois de fome

Dieta da moda nos EUA propõe cinco dias de comilança para dois de fome
Foto: Reprodução
Quando o historiador Eric Hobsbawm escreveu “A era dos extremos: o breve século 20” não eram estranhos hábitos alimentares modernos que lhe interessavam. Mas o título da obra bem que caberia para um livro sobre dietas radicais. Matéria de O Globo traz notícias sobre a nova dieta da moda nos Estados Unidos e no Reino Unido, cuja proposta vai de encontro ao mais elementar conceito de alimentação desbalanceada. A ideia é que o adepto do regime coma tudo – absolutamente tudo, inclusive carboidratos e similares – durante cinco dias por semana e passe fome com 600 calorias nos outros dois dias. Segundo o jonal, a fórmula se baseia no livro "The Fast Diet" (Dieta gorda, em tradução livre), feito por dois jornalistas da área de saúde, Michael Mosley e Mimi Spencer, e está na lista dos mais vendidos nos dois países. Um dos autores, Mosley, fez a dieta para um programa de TV da rede inglesa BBC em agosto do ano passado, quando ele descobriu que seus níveis de açúcar e colesterol estavam acima do normal. “Perdi 8 kg de gordura em três meses e minhas taxas voltaram ao normal” - contou. De acordo com ele, “o problema com as dietas convencionais é que se pensa em comida o tempo todo, neste regime se está de dieta apenas duas vezes por semana, é mais simples e flexível”. As 600 calorias por dia correspondem a cerca de 25% da ingestão normal para um adulto. Come-se dois ovos de manhã, frango grelhado e alface no almoço e peixe com macarrão de arroz no jantar. Para beber apenas água e chá.