Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Política

Notícia

Servidores municipais entram greve e fazem nova assembleia na quarta

Servidores municipais entram greve e fazem nova assembleia na quarta
Foto: Divulgação
O serviço público da prefeitura de Salvador está parado nesta segunda-feira (10), com o início da greve dos trabalhadores. A categoria realizou uma caminhada do Campo Grande à Praça Municipal no final da manhã. Mesmo após o prefeito ACM Neto pedir que os servidores mantenham as atividades, o Sindseps afirma que a greve seguirá até que a gestão apresente propostas “justas e sérias” para as principais reivindicações. Os trabalhadores buscam de um reajuste de 15%, dividido em três parcelas (maio, outubro e dezembro), plano de carreira, assistência à saúde e o atendimento à um ponto de reivindicação específico de cada categoria. No último dia 5, o secretário Municipal de Gestão, Alexandre Pauperio, ofereceu um reajuste de 2% retroativo a maio e 3,84% a partir de janeiro de 2014. Diante dessa proposta, a categoria decidiu, em assembleia, retomar a paralisação por tempo indeterminado, ao obedecer ao aviso de greve com, pelo menos, 72h de antecedência. Nova reunião com representantes da prefeitura ficou marcada para às 16h desta segunda (10). “Ficou decidido que continuaremos em greve e faremos uma nova assembleia nesta quarta-feira (12), no Ginásio de Esportes dos Bancários, às 9h, no Largo dos Aflitos. Caso a prefeitura, na reunião de hoje, não dê uma proposta decente, caminharemos até a Fonte Nova, a fim de mostrar a nossa indignação para a população diante da falta de propostas para a nossa categoria”, ameaçou o diretor do Sindseps, Bruno Cruz.