Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Geral

Notícia

União dos Estudantes emite nota de repúdio à ação da PM na FTC

União dos Estudantes emite nota de repúdio à ação da PM na FTC
Fotos: Leitor BN
A União dos Estudantes da Bahia (UEB) divulgou em seu blog, nesta quinta-feira (6), uma nota de repúdio à ação da Polícia Militar durante manifestação de alunos da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), nesta terça (4), na Avenida Paralela, em Salvador. Para conter os manifestantes, o Batalhão de Choque da PM utilizou sprays de gás de pimenta e balas de borracha e alguns jovens ficaram feridos. "Desde 2007 a Bahia vive um período de consolidação da democracia e amadurecimento do diálogo entre os movimentos sociais e o governo do Estado, mantendo sempre sua autonomia, de modo que, na nossa avaliação, é incompatível tal postura da Tropa de Choque com esse novo momento" declarou a entidade, ao comentar as declarações do secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, ao Bahia Notícias, favoráveis ao método utilizado pelos policiais. "Não permitiremos que os anos de chumbo voltem a massacrar a sociedade baiana. Os estudantes resistiram fortemente a todo tipo de repressão na Bahia, na era carlista, para que a liberdade e a democracia reinassem no nosso Estado", completa o texto. O governo considera que a ação "seguiu todos os protocolos necessários em casos que dependam da intervenção policial para a garantia da ordem pública". Ao final do comunicado, a UEB pede ao governador Jaques Wagner a "punição imediata aos que comandaram" o ato durante o protesto.