Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Política

Notícia

Dilma disse que ordem judicial deveria ter sido desobedecida no MS

Dilma disse que ordem judicial deveria ter sido desobedecida no MS
Foto: Ed Ferreira/Estadão Conteúdo
A presidente Dilma Rousseff avaliou ter sido um erro da polícia cumprir a ordem de reintegração de posse da fazenda Buriti, ação que terminou com a morte de um índio, em Sidrolândia (MS). "Um juiz de primeira instância mandou fazer a reintegração de posse e a presidenta falou para o ministro [da Justiça, José Eduardo Cardozo] que não devia ter obedecido", contou o titular da Secretaria Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, nesta terça-feira (4), a 145 indígenas de seis etnias. O grupo de índios é contra a construção de hidrelétricas no Brasil e não está disposto a negociar com o governo. Segundo Carvalho, apesar da consulta ao grupo, o governo deve prosseguir com as obras."Vocês não vão ter direito a veto. Se na consulta prévia for perguntado for dito “não”, o governo vai repensar, mas a lei dá o direito ao governo de fazer [a obra] ", informou, ao pontuar que serão feitas as correções necessárias para que a obra deixe um rastro de vida e não de morte. Informações de O Globo.