Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Segurança

Notícia

Chapada Diamantina: Falso médico usava outro nome e registro para atuar

Por Juliana Almirante

Chapada Diamantina: Falso médico usava outro nome e registro para atuar
O falso médico (na foto) usava identidade de médico de Salvador
O falso médico que atuava há um ano em Boa Vista do Tupim, na Chapada Diamantina, utilizava o nome e o registro no Conselho Regional de Medicina da Bahia (Cremeb) de um profissional de saúde de Salvador para trabalhar na prefeitura da cidade. O titular da delegacia de Itaberaba, responsável pelo caso, João Uzzum, afirmou ao Bahia Notícias que ele utilizava o número no Cremeb de Pedro Henrique Marques de Almeida. Morador de Salvador, Pedro conta que prestou depoimento para esclarecer o assunto e levou documentos que comprovam sua identidade em uma delegacia de Feira de Santana, devido à proximidade. O acusado de estelionato, cujo nome ainda não foi divulgado pela polícia, foi preso em flagrante em uma operação conjunta entre a Polícia Civil e o Cremeb no Hospital Municipal de Boa Vista do Tupim, em abril deste ano. Apesar da prisão, o falso médico, que seria do Rio Grande do Sul e teria diploma de Medicina na Bolívia, deixou a cadeia três dias depois e responde o processo em liberdade. Ele também é investigado por erro no tratamento de Júlio Cesar Batista do Nascimento, que era morador de Andaraí e morreu de parada cardíaca no último dia 28 de março.