Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Geral

Notícia

Rodoviários param na próxima quarta-feira, garante sindicato

Por Alexandre Galvão

Rodoviários param na próxima quarta-feira, garante sindicato
Foto: Andrei Amós/ Bahia Notícias
A paralisação dos rodoviários da capital baiana está cada vez mais próxima. Neste sábado (1º), em entrevista ao Bahia Notícias, Daniel Mota, diretor do Sindicato dos Rodoviários da Bahia, informou que a categoria irá cruzar os braços, a partir desta quarta-feira (5), até que as exigências da campanha salarial sejam atendidas. "O rodoviário está vivendo um momento atípico. Nunca se trabalhou tanto e em condições tão ruins. Prova disso são os dois acidentes recentes (Veja aqui e aqui) que aconteceram no Iguatemi e na Avenida Vasco da Gama", declarou. As reivindicações começaram há cerca de dois meses e, até o momento, apenas uma reunião foi realizada na porta das garagens das empresas. "Somos parte fundamental. Somos nós que damos o primeiro bom dia ao trabalhador e o último boa noite, mas, nem assim, o patronato nos respeita". No último dia 28, em assembleia, as companhias de ônibus ofereceram um reajuste de 4,5%, porém nenhum acordo foi fechado entre as duas partes. Para Catarino Fernandes, diretor administrativo da entidade representativa dos rodoviários, o valor oferecido, abaixo da inflação, soa como "deboche". Além do aumento de 15%, estão em voga também o acréscimo de R$ 15 ao ticket alimentação nos 30 dias do mês e nas férias, assistência médica e odontológica para titulares e dependentes, gratificação de carnaval, fim da cobrança de avarias, terceirizações e dupla função, além de redução da jornada para seis horas diárias, sem diminuição de salário.