Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Geral

Notícia

Índios voltam a invadir fazenda onde houve conflito com a PF no MS

Um dia após serem retirados do local, com a morte de um indígena, em operação das polícias Federal e Militar, um grupo da tribo Terena voltou a invadir, nesta sexta-feira (31), a fazenda Buriti, localizada em Sidrolândia, no Mato Grosso do Sul. Os índios, que estavam acampados do lado de fora do local, invadiram novamente a área em protesto contra a morte de Oziel Gabriel, de 35 anos, baleado no abdome, nesta quinta (30), durante a ação de reintegração de posse da fazenda. De acordo com Jorge das Neves, coordenador regional da Funai (Fundação Nacional do Índio), cerca de 100 pessoas participam da invasão. “O clima na região é tenso, mas não há presença policial”, informou, em entrevista à Folha de São Paulo. A posse do terreno é disputada na Justiça com o ex-deputado estadual Ricardo Bacha (PSDB). Ele afirma que a área pertence à sua família desde 1927. A Polícia Federal do Mato Grosso do Sul disse, por meio da assessoria, ter conhecimento da ação dos índios, mas que não poderá cumprir uma nova operação de retirada sem ordem da Justiça. O corpo de Oziel será sepultado ainda nesta sexta.