Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Geral

Notícia

Prefeitura anuncia medidas para tentar destravar trânsito de Salvador

Por David Mendes

Prefeitura anuncia medidas para tentar destravar trânsito de Salvador
Fotos: David Mendes/ Bahia Notícias
O prefeito ACM Neto (DEM) anunciou, na manhã desta terça-feira (28), um conjunto de intervenções, consideradas de efeito imediato, para amenizar os congestionamentos no tráfego da capital baiana. De acordo com o gestor soteropolitano, as mudanças foram elaboradas pelo corpo técnico da Secretaria Municipal de Urbanismo e Transporte (Semut) e da Superintendência de Trânsito e Transporte da capital baiana (Transalvador). Apesar de os prazos para o início das mudanças ainda não estarem definidos, o alcaide garantiu que as intervenções, que terão recursos garantidos pelo Município, trarão melhorias na circulação de veículos na cidade com a chamada engenharia e inteligência de trânsito e tráfego. “A prefeitura trabalha em conjunto com o governo do Estado para planejar a cidade do Salvador. Uma coisa que não existia na administração que me antecedeu era planejamento. E nós estamos buscando trabalhar com planejamentos de curto, médio e longo prazos. As ações são complementares aos investimentos estaduais e federais, exatamente para não haver retrabalho, e para que a gente possa somar as forças, as energias e os recursos dos três entes federados, de maneira que em quatro anos possamos ter outra perspectiva de mobilidade urbana em Salvador”, afirmou o prefeito. Segundo ACM Neto, as ações serão contínuas e progressivas, mas poderão ser mudadas caso não apresentem resultados ou melhoras na fluidez da cidade. “Nada que não possa ser reversível. Nós entendemos que não podemos é ficar de braços cruzados. Temos que ter coragem”, clamou.

Entre as mudanças anunciadas com efeito a curto prazo e que deverão ser implantadas antes e logo depois da Copa das Confederações, que contará também com a atuação da Transalvador na capital, está a implantação do Grupo de Ações Rápidas e Táticas (Gart), que contará com carros e motos para realizar intervenções rápidas em situações de emergência nas principais ruas e avenidas. Outra medida é o Monitoramento Terceirizado de Trânsito (MTT). A prefeitura pretende habilitar empresas privadas para controlar a movimentação em determinados locais onde ocorrem eventos que influenciem diretamente na mobilidade. As vias sofrerão alterações em vários pontos. No Centro, a Avenida Joana Angélica terá mais uma faixa no sentido Campo da Pólvora e a Rua Chile terá o tráfego invertido. Na Avenida Paulo VI, na Pituba, apenas ônibus circularão em direção à Orla, e os motoristas terão que utilizar a Avenida Magalhães Neto.

Na Avenida Tancredo Neves, o fluxo de ônibus será reduzido, já que a prefeitura estuda implantar microônibus para realizar o transporte de passageiros na região. Na Avenida Octavio Mangabeira, na Orla, uma faixa “solidária” da mão contrária será aberta em uma extensão de 4,8 km para facilitar o tráfego na via no sentido Itapuã. A proposta será testada logo após a Copa das Confederações. Na Avenida Bonocô, o ponto de ônibus próximo ao acesso à Avenida ACM e BR-324 será realocado para frente do posto Mataripe. A mudança vai permitir que os ônibus parem no ponto sem afetar o fluxo na via principal. Na Rótula do Abacaxi, a Transalvador avalia, junto com a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Conder), responsável pelas obras, relocar pontos de ônibus no sentido da Avenida Bonocô. A Avenida Paralela ganhará mais uma faixa e passará por um recapeamento total, também sem data específica. Segundo o prefeito, atualmente quatro equipes realizam a operação de tapa-buracos na via. “O asfalto da cidade como um todo está vencido e o da Paralela também. Essa intervenção custa caro. Estamos ainda no período de chuva e, em qualquer chuvinha, os buracos são visíveis. Por isso, nós vamos fazer a fresagem e recapeamento nos dois sentidos da Paralela", explicou. Clique aqui e conheça todas as mudanças previstas.