Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Geral

Notícia

Prefeito ACM Neto assina pacote de decretos para o trânsito na próxima terça

Prefeito ACM Neto assina pacote de decretos para o trânsito na próxima terça
Prefeito chegou atrasado a evento na Fecomércio e culpou o trânsito
O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), assina na próxima terça-feira (28) uma série de decretos com mudanças na engenharia de trânsito da cidade. Segundo o gestor, que anunciou o pacote de medidas na noite desta sexta-feira (24) durante a reunião de diretores da Fecomércio, o objetivo é garantir maior fluidez no tráfego de veículos nas principais vias e avenidas da capital baiana. Entre as mudanças estão à implantação de uma quinta faixa de veículo na Avenida Paralela e a instalação de semáforos inteligentes, inicialmente, nas imediações do Shopping Iguatemi. Além disso, está prevista a relocação de pontos de ônibus na Avenida Bonocô e novas passarelas. Como anunciado pelo superintendente da Transalvador, Fabrizzio Müller, em entrevista ao Bahia Notícias, um dos decretos estipulará novos horários para carga e descarga de caminhões, com a proibição da circulação de veículos grandes em algumas vias da cidade. “Espero que possam começar a se materializar até o final do ano para que, em 24 meses a partir do início dos projetos, haja um impacto significativo no trânsito”, disse o alcaide em entrevista ao A Tarde. As mudanças prevêem ainda o alargamento de algumas ruas da cidade, a inversão do fluxo na Avenida Paulo VI, na Pituba, e a retirada do semáforo em frente à Madeireira Brotas, na região do Iguatemi, na saída da Avenida Paralela em direção a Avenida ACM. O prefeito não informou o custo das intervenções que serão realizadas e deverão ser captados pelo município em parceria com a iniciativa privada. No evento da Fecomércio, marcado para as 17h, o prefeito chegou com uma hora de atraso. "Foi o trânsito", desculpou-se ao falar com repórteres.