Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Chico Buarque que se cuide: Wagner sanciona Lei Antibaixaria
Luiza Maia é autora do projeto | Foto: Andrei Amós / Bahia Notícias
A polêmica lei que proíbe a utilização de recursos públicos estaduais para a contratação de artistas que apresentem músicas ofensivas contra as mulheres foi sancionada, nesta quinta-feira (11), pelo governador Jaques Wagner. A matéria da deputada Luiza Maia (PT) ficou conhecida como Lei Antibaixaria e foi aprovada na Assembleia Legislativa da Bahia no último dia 27. Se depender do critério de parlamentares e figuras do poder público que apoiaram o projeto (ver aqui e aqui), até Chico Buarque, que se apresenta no Teatro Castro Alves em maio, terá que cortar a música “Geni e o Zepelim” do repertório do seu show, para não ser enquadrado como infrator.

Histórico de Conteúdo