Explosão de gás motivou o incêndio na farmácia em Camaçari, segundo a polícia
Foto: Divulgação / Polícia Civil
O incêndio que causou a morte de nove pessoas e deixou 14 feridas em uma farmácia de Camaçari, nesta quarta-feira (23), foi causado por uma explosão de gás. A informação foi confirmada pela delegada Taís Siqueira, titular da 18º Delegacia Territorial (DT/Camaçari), durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira (24). As declarações aconteceram no Prédio Sede da Polícia Civil, na capital baiana. De acordo com o G1, também participaram da coletiva representantes do Corpo de Bombeiros e das Polícias Militar e Técnica. Conforme declaração da delegada, não foi só um incêndio, foi uma explosão de gás que causou o desabamento da laje do estabelecimento e depois um incêndio. Ainda segundo a Dra Taís, ainda não é possível detalhar que tipo de gás causou a explosão, porque a situação é muito recente e a perícia ainda está em andamento no local do acidente. A polícia informou que apenas uma sobrevivente foi ouvida, uma das funcionárias da farmácia que trabalhava no caixa do estabelecimento. A vítima relatou que tinha acabado de chegar ao seu posto de trabalho no momento da explosão. O IML informou que todo os corpos que chegaram para perícia estão carbonizados, o que dificulta a identificação. Enquanto a identidade das vítimas não é informada, familiares vão ao Órgão em busca de informações sobre os desaparecidos.

Histórico de Conteúdo