Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias Municípios
Você está em:
/
/
Interior

Notícia

MDB expulsa vereadores conquistenses por “indisciplina partidária” após apoio a prefeita Sheila Lemos

Por Redação

MDB expulsa vereadores conquistenses por “indisciplina partidária” após apoio a prefeita Sheila Lemos
Montagem / Bahia Notícias / Reprodução: Instagram

O presidente de honra do MDB Bahia, o ex-deputado federal Lúcio Vieira Lima, anunciou, nesta terça-feira (20), a expulsão de três vereadores de Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, por “indisciplina partidária”. A ação foi movida pela Comissão de Ética do MDB da Bahia contra os parlamentares Adinilson Pereira, Edjaime Rosa de Carvalho e Luis Carlos Dude. 

 

Em uma publicação nas redes sociais, Lúcio escreveu a seguinte declaração: “A Comissão de Ética do MDB da Bahia, reunida hj julgou procedente a Representação com sanção de expulsão, por indisciplina partidária ao descumprir as orientações e posições políticas da legenda no Município de Vitória da Conquista, dos vereadores @vereadoradinilsonpereira @bibiavereador e @luiscarlosdude que agora não precisam esperar a janela para procurar outro partido para perderem a eleição !”

 

 

Os vereadores, por sua vez, não se manifestaram sobre o caso. O “descumprimento das posições políticas”, sugerido pelo representante do partido, diz respeito a aproximação dos edis com a atual prefeita do município e pré-candidata a reeleição, Sheila Lemos (UB). Em outubro, Sheila deve disputar com outros 5 pré-candidatos a gestão municipal, incluindo a vereadora Lúcia Rocha, nome escolhido pelo MDB.