Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brumado: Presidente da Câmara diz que foi ameaçada após liberar tribuna para deputado
Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

A presidente da Câmara de Vereadores do município de Brumado, Verima Dias da Silva Meira (PT), em entrevista ao Achei Sudoeste, parceiro do Bahia Notícias, disse que após a solicitação do deputado federal João Carlos Bacelar (PL) para utilização da Tribuna Livre no Legislativo, foi ameaçada. A presidente contou que ficou impressionada com o tom dos ataques dos aliados do prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (Sem Partido).


“Falaram pra mim que, se eu não suspendesse a sessão, perderia meu mandato e que essa noite seria marcada pelo fim da minha carreira política. Fiquei impressionada com o que estava acontecendo”, declarou. Para Meira, a Tribuna é livre e qualquer um, independente de divergências, pode usar o espaço. “Em nenhum momento, cedi esse espaço para desmerecer os vereadores. Nunca neguei para nenhum cidadão, desde que ele venha para falar para população de Brumado. A Tribuna Livre é isso: deixar a população a par de tudo que está acontecendo. Estou com a consciência tranquila porque fiz tudo dentro do regimento”, afirmou.


A presidente ainda frisou que o prefeito também pode utilizar a tribuna para fazer os seus esclarecimentos, caso queira.

Histórico de Conteúdo