Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Itabuna: Polícia aponta 4 acusados em morte de motorista de aplicativo
Foto: Reprodução / Redes Sociais

A Polícia Civil de Itabuna, no Sul, informou nesta segunda-feira (4) que concluiu o inquérito que apura a morte do motorista de aplicativo Adriano de Jesus Alcântara. Vítima de latrocínio, roubo seguido de morte, o condutor Adriano de Jesus, de 48 anos, foi encontrado morto com marcas de tiros no dia 26 de junho, um dia depois de ter aceitado uma corrida (saiba mais aqui).

 

Conforme a TV Santa Cruz, o inquérito aponta quatro suspeitos pelo crime. Eles foram identificados, mas ainda não foram presos, informou o delegado responsável pelo caso, Marlos Macedo. Segundo ele, os acusados integram uma quadrilha de roubo de veículo que atua na região.

 

As investigações apontam que dois dos suspeitos saiu de Itajuípe para roubar o carro do motorista. Um terceiro fez a chamada pelo aplicativo e, assim, o grupo cometeu o crime.

 

Ainda segundo informações, o corpo de Adriano de Jesus foi enterrado no dia 27 de junho em Itabuna. Motoristas de aplicativo da cidade fizeram um buzinaço como forma de protesto. 

Histórico de Conteúdo