Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Feira: Defesa consegue no STJ liberdade para motorista de aplicativo
Foto: Reprodução/Redes Sociais

O motorista de aplicativo Jefferson Bento Santana, preso a nove meses no Conjunto Penal de Feira de Santana, acusado de participar de uma série de assaltos no município, deve ser liberado nesta terça-feira (21), após defesa entrar com um pedido de liberdade no Superior Tribunal de Justiça (STJ).


Segundo o Acorda Cidade, parceiro do Bahia Notícias, o advogado de Jefferson, Marcos Silva, entrou com um pedido de liminar para a liberdade do cliente no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e aguarda apenas a 3° Vara Criminal expedir o pedido de soltura.

 

“Desde o dia 8 de junho, quando chegaram os dados da perícia do celular que evidenciaram de forma clara que ele não tinha qualquer participação, fizemos um pedido de revogação da prisão para a juíza daqui da 3ª Vara Criminal, só que a juíza não entendeu dessa forma, mesmo com o parecer favorável. De pronto, nós manejamos um habeas corpus para o Tribunal de Justiça da Bahia e mais uma vez o tribunal negou, não chegou nem a conhecer sobre o habeas corpus e de pronto a defesa, no dia 11 impetrou um habeas corpus para o STJ em Brasília. Na data de hoje saiu a decisão liminarmente colocando Jefferson em liberdade e esta decisão deve ser cumprida no máximo até amanhã”, declarou o advogado.


O pedido de liberdade já havia sido negado pela justiça no dia 8 de junho por meio do Ministério Público do Estado (MP-BA) (relembre aqui). Durante o período de prisão, familiares do jovem fizeram uma manifestação e  foram até o Ministério Público Estadual (MP-BA) e à Câmara de Vereadores para chamar atenção sobre o caso e pedir ajuda para provar que Jefferson é inocente (saiba mais).

Histórico de Conteúdo