Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Viúva de Léo da Paraíso Perdido é presa; acusada foi encontrada em Iaçu
Foto: Reprodução / Redes Sociais

A viúva de Leornardo Troesch, Shirley da Silva Figueiredo, foi presa nesta segunda-feira (9). Segundo a Polícia Civil, a acusada, que estava foragida, foi localizada na zona rural de Iaçu, no Piemonte do Paraguaçu.

 

O mandado de prisão foi cumprido por policiais da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Santo Antônio de Jesus). Shirley Figueiredo tinha mandado de prisão em aberto por descumprir as medidas de prisão domiciliar. Ela também foi indiciada por homicídio no inquérito feito pelo delegado responsável pelas investigações, Rafael Magalhães (ver mais aqui).

 

“A prisão dela vai ajudar a esclarecer as circunstâncias da morte do empresário. Ela também participará da reconstituição que ocorrerá na pousada”, disse o coordenador da 4ª Coorpjn, delegado Joaquim Souza.

 

Ainda segundo a polícia, a acusada está sendo levada para a sede do Departamento de Polícia do Interior (Depin) em Salvador, onde ficará à disposição da Justiça.

 

Leonardo Troesch foi encontrado morto no dia 25 de fevereiro (lembre aqui). No curso das investigações, o funcionário de confiança do empresário e tido como testemunha chave do caso, Marcel Vieira, conhecido como Bily, foi morto (ver mais aqui).

Histórico de Conteúdo