Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Feira: Promotoria apura situação de escolas após denúncia da APLB
Foto: Paulo José / Acorda Cidade

A 2ª Promotoria de Justiça do Ministério Público em Feira de Santana apura a situação das escolas no município. A investigação foi motivada após pedido da APLB sindicato. Ao Acorda Cidade, o promotor Audo Rodrigues disse que o parquet vai coletar informações sobre a denúncia de falta de professores nas unidades, distribuição da merenda escolar e estrutura das escolas da rede municipal.

 

Até esta segunda-feira (2), o MP-BA tinha visitado quatro escolas onde aplicou questionários. Nas unidades, o órgão identificou a falta de professores. Em relação à merenda, se constatou que havia merenda, mas em algumas delas faltavam merendeiras para preparar a alimentação. O promotor disse, por sua vez, que a resposta à apuração não será rápida por conta de o tema ser complexo.

 

Ainda segundo o promotor, a prefeitura informou que o município teve um acréscimo considerável de alunos de 2019 para 2022, o que prejudicou o planejamento prévio e a organização da rede municipal.

Histórico de Conteúdo