Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

MPF pede detalhes sobre extinção de zona de proteção do Parque Nacional Marinho de Abrolhos
Foto: Manu Dias/GOVBA

O Ministério Público Federal na Bahia (MPF-BA) solicitou ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio), detalhes sobre a extinção da área de proteção em volta do Parque Nacional Marinho de Abrolhos, localizado no extremo sul baiano.

 

Segundo o g1, no dia 18 de março, o presidente do Ibama, Eduardo Bim, assinou uma portaria que anula a legislação de 2006, que estabelecia uma área de proteção de 380km x 280k, em volta do parque. A medida tinha como objetivo evitar a exploração de petróleo, gás  e outras atividades que ofereçam danos à área, que é considerado o maior santuário marinho do país.

 

O procurador José Gladson determinou no dia 23 de março, através da ação do MPF-BA, a apuração da mudança feita pelo Ibama.

Histórico de Conteúdo