Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Após falas machistas em coletiva, moradores de Guanambi protestam contra delegado
Foto: Reprodução / Achei Sudoeste

Durante coletiva de imprensa sobre o caso do duplo homicídio de mãe e filha em Guanambi, o delegado Rhudson Silva Barcelos fez comentários considerados machistas. As falas polêmicas mobilizaram moradores do município que foram até a porta da delegacia,  gritando “Fora, Rhudson”. 

 

Durante a entrevista coletiva, o delegado disse coisas como “é plausível um feminicídio diante de uma briga entre marido e mulher”. Sobre o assasinato das duas mulheres, de acordo com o portal Achei Sudoeste, o profissional deu detalhes sobre a vida conjugal de uma das vítimas e citou que o acusado do crime ficava perto das academias “para ver as mulheres exuberantes e com roupas provocantes”. O delegado ainda sugeriu que mulheres não saíssem sozinhas ou em grupo apenas feminino. 

 

Os comentários de Barcelos viralizaram e repercutiram negativamente na internet. Diversos internautas consideraram suas declarações machistas e desprezíveis, além de insinuarem que a culpa pela tentativa de estupro teria sido das próprias vítimas, que usavam roupas provocantes. No fim do dia, após a coletiva, populares foram até a porta da delegacia para protestar contra Rhudson. É possível escutar gritos de “Fora, Rhudson” e clamações de justiça em vídeo do Achei Sudoeste. 

 

O delegado não se pronunciou sobre o ocorrido.

Histórico de Conteúdo