Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Barra: Suspeito de ser mandante da morte de médico está foragido
Foto: Reprodução / Rede Bahia

O homem suspeito de mandar matar pediatra Júlio César de Queiroz Teixeira, 44 anos, dentro de uma clínica na cidade de Barra (relembre), teve a prisão decretada e é considerado foragido pela justiça. De acordo informações do delegado Jenivaldo Rodrigues, responsável por investigar o caso, Diego Santos Silva, de 31 anos, é apontado como o mandante do crime. Os agentes já realizaram buscas em três possíveis locais onde ele poderia estar escondido.

 

Conforme divulgou o Portal G1, apesar de ser apontado como mandante do crime, a família do médico acredita que Diego Silva tenha sido um intermediário entre a pessoa que encomendou o assassinato e os executores.

 

A Polícia Civil informou que só vai falar sobre o caso depois de concluir o inquérito. Até então, quatro suspeitos já foram presos. Dentre eles estão os executores do crime e um casal (relembre). Os três homens foram encaminhados para a penitenciária de Barreiras e a mulher está presa na delegacia de Barra. A polícia segue em busca do mandante do crime.
 

Histórico de Conteúdo