Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brumado: Por falta de legista, corpo de homem morto após ataque de peixes segue no DPT
Foto: Reprodução / Lay Amorim - Achei Sudoeste

O corpo do homem de 58 anos, que morreu após procurar socorro depois de ser atacado por um cardume de peixes na cidade de Brumado, no Sertão Produtivo, na última quinta-feira (relembre), segue no Departamento de Polícia Técnica (DPT) da cidade. Isso porque não há médico legista à disposição no local. 

 

Em entrevista ao site Achei Sudoeste, um familiar, que preferiu não se identificar, disse que o corpo será transferido. “Vamos ter que transferir o corpo para Guanambi ou Vitória da Conquista. Até o meio dia, o corpo ainda estava dentro da Polícia Técnica de Brumado aguardando. Isso é um desrespeito com a família”, disse. 

 

Ainda de acordo com o familiar,  vivendo o luto, a família ainda tem de passar por uma situação constrangedora, quando poderia estar prestando as últimas homenagens ao seu ente querido. “Se tivesse médico legista dentro de Brumado isso não aconteceria. Pode ter médico legista duas vezes na semana, mas ontem e hoje não teve. Não podemos passar por isso”, cobrou.

Histórico de Conteúdo