Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Gandu: Em vídeo, pai de agressor registra momento em que mulher é espancada
Foto: Reprodução / Redes Sociais

Um homem agrediu a companheira com tapas e socos, nesta quinta-feira (22), na cidade de Gandu. Enquanto apanhava, a mulher segurava um bebê no colo e outra criança acompanhava a agressão, que foi filmada pelo pai do agressor. Não há informações de que o agressor, identificado como João Pedro Barreto, seja pai das crianças. A ocorrência foi registrada na delegacia de Gandu e testemunhas já foram ouvidas. Um mandado de prisão preventiva contra o homem foi solicitado à justiça. Por enquanto, ele segue solto. 

 

Conforme divulgou o Portal G1, as informações foram confirmadas pela Polícia Civil após as imagens da agressão viralizaram nas redes sociais. No vídeo é possível ver o pai do agressor avisando que estava filmando a ação e pedindo que o filho parasse de ameaçar e bater na companheira. O pai do suspeito narrou ainda que o bebê estava chorando porque foi jogado de cima da cama, para que o agressor batesse na vítima. "Você pegou a criança e derrubou a criança atrás da cama, para bater na sua mulher", disse. 

 

O homem ameaçou a mulher dizendo que iria "acabar com a vida" e, apontando para uma das crianças, disse que queria "que ela morresse". Depois de agredir verbalmente a mulher, o homem deu um tapa na cara dela. Quando a vítima se levantou para tentar se defender, ele a arremessou na cama e a agrediu repetidas vezes com tapas e socos no rosto. A mulher gritou em desespero.

 

A mulher gritou por socorro e pediu para que o suspeito parasse de bater no próprio pai. Neste momento a gravação encerrou. De acordo com a  Polícia Civil, depois das agressões, o suspeito sofreu uma tentativa de linchamento por moradores do local. Não há detalhes sobre os estados de saúde da mulher, do agressor, do pai dele e do bebê. 

Histórico de Conteúdo