Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 30 de Abril de 2021 - 07:40

Estado reconhece emergência em cidades do Sudoeste, Chapada e Oeste baiano

por Francis Juliano / Ailma Teixeira

Estado reconhece emergência em cidades do Sudoeste, Chapada e Oeste baiano
Bom Jesus da Serra / Foto: Reprodução / Blog Resenha Geral

Com estiagem, municípios como Bom Jesus da Serra e Lagoa Real, no Sudoeste baiano; e Marcionílio Souza, na Chapada Diamantina, tiveram decretos de emergência reconhecidos nesta sexta-feira (30). Por conta dos estragos da chuva, Bom Jesus da Lapa, na região do Velho Chico, no Oeste, teve também decreto de emergência homologado pelo Estado.

 

Em todos quatro municípios, a condição vale por 180 dias. Em Bom Jesus da Serra a partir de 3 de março, em Lagoa Real com início em 24 de março, em Marcionílio Souza a contar de 30 de março, e Bom Jesus da Lapa, desde 22 de abril. Para justificar o decreto, a prefeitura de Bom Jesus da Serra declarou que a agricultura “teve grande prejuízo com perda de lavouras”.

 

Situação parecida foi divulgada pela prefeitura de Lagoa Real. A prefeitura disse que foram perdidas “80% das lavouras de milho, feijão, mandioca”, o que trouxe “consideráveis prejuízos econômicos, principalmente a agricultura familiar”. Não foram encontradas as justificativas para o decreto em Marcionílio Souza por estiagem.

 

CHUVAS NA LAPA

Em relação a Bom Jesus da Lapa, a prefeitura informou que “os altos índices pluviométricos iniciados na noite do dia 19 até madrugada de 22 de abril de 2021” atingiran 120 milímetros de chuvas. O volume foi suficiente para provocar alagamentos, inundações e enxurradas, o que afetou diversos bairros do município.


Durante o decreto de emergência, as prefeituras podem contratar obras e serviços sem necessidade de licitação. Para obras, os gastos podem ser em até R$ 33 mil, enquanto para serviços, com limite em R$ 17,6 mil. As contratações valem pelo período estabelecido, nos casos, 180 dias. (Atualizado às 8h58)

Histórico de Conteúdo