Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Segunda, 12 de Abril de 2021 - 13:40

É falso que Conquista e Porto Seguro zeraram mortes por Covid-19 ao adotar 'kit’

por Francis Juliano

É falso que Conquista e Porto Seguro zeraram mortes por Covid-19 ao adotar 'kit’
Foto: Reprodução / Agência Pará

Circula pela internet uma informação falsa [fake news] sobre situação da Covid-19 em várias cidades, três delas baianas. A nota alude que Porto Seguro, na Costa do Descobrimento; Vitória da Conquista e Itapetinga, no Sudoeste, teriam zerado as mortes após adotarem o chamado tratamento precoce.

 

O "composto" inclui hidroxocloroquina e ivermectina e já foi reconhecido como ineficaz para casos de Covid-19 – o então defensor da hidroxocloroquina já admitiu a inutilidade (ver aqui) e cinco pessoas foram incluídas na fila de transplante em São Paulo após uso do denominado “Kit Covid” (clique aqui).

 

No caso das cidades baianas, a informação cai por terra ao verificar os números deste mês divulgados pelas próprias prefeituras. Em Vitória da Conquista foram 12 mortes do dia 1° de abril até este domingo (11). Em Itapetinga ocorreram sete óbitos até esta segunda-feira (12), segundo o site Teixeira Agora. E no caso de Porto Seguro houve quatro mortes por coronavírus até o último sábado (10), sendo que todas ocorreram no intervalo de quatro dias. 

 

No acumulado de casos e óbitos pela Covid-19, Vitória da Conquista tem 24.281 confirmações e 384 mortes; Porto Seguro acumula 7.023 registros e 139 óbitos, e Itapetinga tem 4.296 registros constatados e 107 perdas.

Histórico de Conteúdo