Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Segunda, 10 de Agosto de 2020 - 12:20

Itabuna: Impasse entre prefeitura e empresas adia retorno de ônibus coletivos

por Francis Juliano

Itabuna: Impasse entre prefeitura e empresas adia retorno de ônibus coletivos
Foto: Divulgação / Prefeitura de Itabuna

Previstos para retornarem nesta segunda-feira (10) (ver aqui), os ônibus do transporte municipal de Itabuna, no Sul, seguem parados nas garagens. O motivo é um impasse sobre valores devidos entre a prefeitura e a associação que representa as duas empresas Viação São Miguel e Sorriso.

 

As empresas argumentam que estão sem receber desde março, quando o serviço foi interrompido, e cobram R$ 376 mil de repasse da prefeitura. A soma serviria para o pagamento dos rodoviários. Por sua vez, a gestão municipal diz que só uma das empresas deve R$ 874 de ISS [Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza]. A proposta da prefeitura foi um parcelamento da dívida, o que não foi concordado pelas empresas. A gestão declarou que vai multar também as companhias.

 

Pelo decreto que autorizou a volta dos coletivos na cidade, os ônibus devem operar com 50% da capacidade em horário reduzido, das 8h às 17h30. Eles também devem cumprir protocolos como obrigatoriedade no uso de máscaras, além de higienização completa a cada corrida.

 

Até este domingo (9), Itabuna acumulava 6.420 casos confirmados da Covid-19, destes 3.393 estão ativos e 2.881 são considerados curados. Ha ainda 58 pessoas em internamento clínico e 32 em UTI. No município já foram registrados 146 óbitos em decorrência do novo coronavírus.

Histórico de Conteúdo