Segunda, 06 de Julho de 2020 - 11:30

Fechamento de agências em Valença gera discórdia com Nazaré que veta visitantes

por Francis Juliano

Fechamento de agências em Valença gera discórdia com Nazaré que veta visitantes
Foto: Reprodução / Facebook

Um decreto que fecha agências bancárias provocou uma discórdia entre as prefeituras de Valença, no Baixo Sul, e Nazaré, no Recôncavo. A situação que gerou o desentendimento foi uma determinação da prefeitura de Valença de fechar todas as agências a partir desta segunda-feira (6).

 

A medida – que faz parte das ações de enfrentamento à Covid-19 – suspende até o próximo domingo (12) até serviços de autoatendimento que devem ficar desligados, conforme ordenou o prefeito Ricardo Silva Moura. O fato reverberou para fora de Valença e fez barulho em Nazaré. Em pronunciamento nas redes sociais, a prefeita Eunice Barreto disse que não irá permitir a entrada de moradores de Valença.

 

Para isso, afirmou que vai reforçar as barreiras sanitárias – com a instalação de mais um bloqueio – no intuito de barrar o êxodo de valencianos. Segundo ela, o fechamento dos bancos em Valença provocaria um crescimento do número de visitantes na cidade, que por sua vez aumentaria o risco de propagação do coronavírus.

 

“As polícias Civil e Militar participarão dessa operação de modo que o município de Valença e cidades vizinhas não poderão entrar na nossa cidade. Precisamos proteger os nossos. Que Deus nos proteja. Vamos para mais uma batalha”, concluiu a gestora. 

 

 

Histórico de Conteúdo