Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Prefeitura de Valença declara situação de emergência e fecha terminais de transporte
Foto: Divulgação

A prefeitura de Valença, em decretos publicados nesta sexta-feira (20), declarou situação de emergência em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e suspendeu o funcionamento de terminais de transporte rodoviário ou hidroviário. A medida valerá por 15 dias, a partir de 0h deste sábado (21).

 

Além dos terminais, o decreto municipal suspende também a circulação de táxis, mototáxis, transportes alternativos, transporte por aplicativo e também o transporte coletivo promovido pela concessionária Rumo Rápido. Apenas os serviços de entrega à domicílio (delivery) estão liberados.

 

Em outro decreto, a prefeitura aborda o transporte intermunicipal, que também ficará vetado por 15 dias, exceto para o deslocamento de trabalhadores residentes nos distritos municipais ou nas cidades de Valença, Taperoá, Nilo Peçanha, Nazaré e Ituberá, desde que conduzidos para o exercício de atividade profissional ou em deslocamento para suas residências, mediante comprovação.

 

O acesso recreativo, esportivo e turístico, bem como banhos terapêuticos, nas praias, rios, lagoas e piscinas públicas de Valença também estão suspensos, por um prazo de 30 dias. No mesmo sentido, bares, restaurantes, lanchonetes e barracas de praia serão fechadas por 15 dias, podendo funcionar apenas como delivery.

 

As agências bancárias, casas lotéricas e correspondentes bancários terão suas atividades reduzidas e limitadas também por 15 dias, com agendamento e respeitando a distância de um metro entre os clientes.

Histórico de Conteúdo